quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DO ALONGAMENTO PARA O CORPO






A prática de exercícios físicos é um importante aliado para evitar os problemas de saúde, além de auxiliar na melhora da qualidade de vida. Entretanto, para realizar qualquer atividade física é necessário estar sempre atento ao condicionamento físico e o alongamento é fundamental neste processo.

“O alongamento promove o estiramento das fibras musculares, fazendo com que elas aumentem o seu comprimento. Quanto mais alongado um músculo, maior será a movimentação da sua articulação e portanto, maior a sua flexibilidade”, explica o educador físico Italo Ramos, do Centro de Bem-Estar e Fisioterapia Levitas. Segundo o profissional, os exercícios de alongamento são bastante simples, mas é necessário estar atento se a execução está correta. “Os alongamentos são fáceis, mas quando realizados de forma incorreta podem, na realidade, fazer mais mal do que bem”, alerta.


De acordo com o educador, alongar o corpo ajuda também na prevenção de lesões e dores comuns do dia-a-dia, ocasionadas por problemas recorrentes à má qualidade de vida. “Devido à vida sedentária, posturas inadequadas e estresse diário, o ser humano pode ter suas estruturas do corpo comprometidas pelo desalinhamento ou sobrecarga. Com os músculos tensos ou encurtados não haverá amplitude normal de movimentos, nem uma boa circulação sanguínea. Isso mostra a importância de realizarmos alongamentos com frequência’, explica Italo.

Para os adeptos da musculação, o profissional indica praticar os exercícios de alongamento preferencialmente depois do treino, pois mantém a flexibilidade alcançada. Antes do treinamento, pode gerar a diminuição de rendimento físico. “Pessoas que buscam o alto rendimento devem se orientar melhor. Alongar-se em excesso antes de uma sessão de treino intensa, pode gerar um resultado inverso ao esperado. Antes da atividade física não gera resultados tão positivos quanto acreditamos, mas isso não quer dizer que seja algo negativo”, orienta o educador.

Confira os principais benefícios da modalidade:

Restaurar a amplitude de movimento normal na articulação envolvida e a mobilidade das partes moles adjacentes à articulação;
Prevenir o encurtamento ou tensionamento irreversíveis de grupos musculares;
Facilitar o relaxamento muscular;
Aumentar a amplitude de movimento de uma área particular do corpo ou de forma geral antes de iniciar os exercícios de fortalecimento;

Reduzir o risco de lesões músculo-tendinosas (tendinite).